Notícias

Loading...

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Economia dos Estados Unidos

Características econômicas dos Estados Unidos, dados econômicos, aspectos da economia norte-americana


Características gerais da economia dos Estados Unidos
A economia dos Estados Unidos é a maior do mundo, apresentando destaque nos diversos setores econômicos. A economia norte-americana funciona totalmente dentro dos parâmetros capitalistas. Com um mercado consumidor interno forte, a produção dos Estados Unidos também visa as exportações. O país produz grande quantidade de gêneros agro-pecuários, porém se destaca na produção de produtos industrializados e tecnologia. Grande parte da indústria norte-americana concentra-se nas regiões sudeste e nordeste, embora também haja grande produção de manufaturados no estado da Califórnia. Já a região sul do país apresenta forte desenvolvimento no setor agro-pecuário e mineração.
O turismo nos Estados Unidos também é de extrema importância para a economia do país. Terceiro país mais visitado por turistas estrangeiros, os Estados Unidos recebe cerca de 1,5 bilhão de turistas de outros países. 
A mineração também é um destaque econômico dos Estados Unidos. Grande parte da extração de petróleo e gás natural ocorre nos estados do Texas e Alasca. Já o carvão mineral é extraído nos estados do Wyoming, Kentucky e Virgínia Ocidental.
O centro financeiro do país concentra-se principalmente em Wall Street na ilha de Manhattan (Nova Iorque), onde está localizada a maior bolsa de valores do mundo, a New York Stock Exchange (Bolsa de Valores de Nova Ioque).
Outro destaque da economia norte-americana é a produção de softwares e produtos de informática e eletrônica. Grande parte das empresas deste setor encontra-se instalada na região do Vale do Silício, na cidade de San José na Califórnia.


Principais setores econômicos: indústria, tecnologia, finanças, agricultura, mineração e turismo
Principais regiões industriais: sudeste, nordeste e costa leste (principalmente Califórnia)
Moeda: Dolár americano (símbolo USD)
Crescimento do PIB em 2011: 1,7%
PIB: US$ 15,087 trilhões (2011) * maior PIB mundial
PIB per capita: US$ 48.500 (estimativa 2011)
Composição do PIB por setor da economia: serviços (76,9%), indústria (21,9%) e agricultura (1,2%) - dados de 2009
Força de trabalho (2010):  154,9 milhões de trabalhadores ativos
Gini: 49.3 (ano de 2009)
População abaixo da linha de pobreza: 13,2% (ano de 2008)
Taxa de desemprego: 9,7% (2010)
Investimentos:12,8% do PIB (2010)
Dívida Pública: 58,9% do PIB (2010) - US$ 12,3 trilhões
Dívida Externa: US$ 13,45 trilhões (2009)
Taxa de Inflação: 1,4% (2010)
Reservas monetárias: US$  1,74 trilhões (31/12/2010)
Crescimento da Produção Industrial (em 2010): 3,3%
Principais produtos agro-pecuários produzidos: milho, algodão, frutas, trigo, vegetais, leite, carne de porco, peixe.
Principais produtos industrializados produzidos: automóveis, máquinas, aviões, computadores, equipamentos eletrônicos, navios, produtos químicos, têxteis, alimentos processados, equipamentos de telecomunicações.
Principais commodities exportadas: agrícolas (trigo, milho, frutas); suprimentos industriais (produtos químicos); manufaturados (motores de veículos, computadores, equipamentos de telecomunicações, transistores).
Principais parceiros econômicos (exportação): Canadá, México, China, Japão e Alemanha
Principais parceiros econômicos (importação):  China, Canadá, México, Japão e Alemanha.
Exportações (2010): US$ 1,27 trilhão
Importações (2010): US$ 1,90 trilhão
Bloco econômico que pertence: NAFTA (Tratado de Livre Comércio da América do Norte) e APEC (Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico).

Bandeira dos Estados Unidos da América

Dados e Informações sobre a bandeira dos Estados Unidos.

A bandeira dos Estados Unidos, também conhecida como The Stars and Stripes (Estrelas e Faixas), é composta por 7 faixas horizontais vermelhas e 6 na cor branca. No canto superior esquerdo há um retângulo azul escuro com 50 estrelas brancas.

Significado
As 50 estrelas da bandeira representam todos os Estados. Já as faixas (nas cores vermelha e branca), simbolizam as 13 colônias que deram origem aos Estados Unidos. 
A cor vermelha presente na bandeira simboliza valor e resistência. Já a cor branca representa a pureza. O azul simboliza a justiça e a perseverança.

Curiosidades:
- A bandeira dos Estados Unidos teve 26 modificações no decorrer da história. A última modificação, que estabeleceu a configuração atual com 50 estrelas, ocorreu em 4 de julho de 1960.

Principais pontos turísticos e culturais dos Estados Unidos

Os Estados Unidos concentram uma grande quantidade de pontos turísticos e culturais interessantes. Em função da grande extensão territorial e do alto desenvolvimento econômico, podemos encontrar em seu território, locais que atendem ao gosto de todos os tipos de turistas. São centenas de museus, parques, monumentos históricos, arquitetura antiga e moderna, aquários, zoológicos, parques de diversões e muito mais.


Em Washington DC
- Capitólio dos Estados Unidos (prédio do Congresso dos Estados Unidos)
- Parque National Mall
- Monumento de Washington
- Lincoln Memorial
- Jefferson Memorial
- Roosevelt Memorial
- National World War II Memorial
- Ópera Nacional de Washigton
- Instituto Smithsoniano
- 
Casa Branca

Em Nova Iorque
Estátua da Liberdade
- Metropolitan Museum of Art
- Central Park
- Museu de Arte Moderna
- Museu Solomon R. Guggenheim
- Museu Americano de História Natural
- Sede da 
ONU (Organização das Nações Unidas)
- Catedral de São Patrício
Em Los Angeles
- Museu Norton Simon
- Teatro Ahmanson
- Ópera de Los Angeles
- Walt Disney Concert Hall
- Grauman's Chinese Theatre (Teatro Chinês)
- Catedral de Nossa Senhora de Los Angeles
- Praias (Santa Mônica, Venice Beach, Malibu)
- Beverly Hills
- Rodeo Drive
- Hollywood Boulevard
- Universal Studios

Geografia dos Estados Unidos

Características geográficas dos Estados Unidos, área, relevo, clima, recursos naturais, mapa, problemas ambientais, vegetação.



Localização Geográfica: América do Norte
Limites geográficos: Canadá (norte); México (sul); Oceano Atlântico (leste); Oceano Pacífico (oeste)
Área: 9.372.614 km²
Fronteiras com os seguintes países: México e Canadá.
Extenção do litoral: 19.924 km
Clima: temperado continental (Leste), subtropical (Sudeste), de montanha (centro e Montanhas Rochosas), árido tropical (Sudoeste), mediterrânico (costa Oeste), árido frio (Noroeste).
Relevo: planície central (Grandes Planícies); presença de montanhas na região centro-oeste (Montanhas Rochosas); colinas e montanhas baixas no leste.
Vegetação: na costa leste e noroeste há predominância de florestas temperadas; mangues na região da península da Flórida; na costa do Alasca encontramos a Tundra; presença de estepes na Grande Planície Central, vegetação de deserto é encontrada na fronteira com o México.
Ponto mais baixo: Vale da Morte com -87 metros (na Califórnia e Nevada)
Ponto mais alto: Monte McKinley com 6.194 metros (no Alasca)
Principais recursos naturais: carvão mineral, chumbo, petróleo, cobre, urânio, ouro, minério de ferro, prata, mercúrio.
Principais rios: - Rio Mississippi, Missouri, Platte Sul, Loup, Milk, Yellowstone.

Estados Unidos da América

Os Estados Unidos da América são uma república constitucional federal composta por cinquenta estados e um distrito federal. A maior parte do país situa-se na região central da América do Norte, formada por 48 estados e Washington, D.C., o distrito federal da capital. Localiza-se entre os oceanos Pacífico e Atlântico, fazendo fronteira com o Canadá a norte e com o México a sul. O estado do Alasca está no noroeste do continente, fazendo fronteira com o Canadá no leste e com a Rússia a oeste, através do estreito de Bering. O estado do Havaí é um arquipélago no Pacífico Central. O país também possui vários outros territórios no Caribe e no Pacífico.


Com 9,37 milhões de km² de área e cerca de 309 milhões de habitantes, os Estados Unidos são o quarto maior país em área total, o quinto maior em área contínua e o terceiro em população. O país é uma das nações mais multiculturais e etnicamente diversas do mundo, produto da forte imigração vinda de muitos países. A economia dos Estados Unidos é a maior economia nacional do mundo, com um produto interno bruto que em 2008 foi de 14,2 trilhões de dólares, o que foi equivalente a um quarto do valor do PIB nominal mundial e um quinto do PIB mundial por paridade do poder de compra.


História


Nativos americanos e colonos europeus



Acredita-se que os povos indígenas dos Estados Unidos continentais, incluindo os nativos do Alasca, emigraram da Ásia. Eles começaram a chegar há 12 ou 40 milênios, senão antes. Alguns, como a cultura mississippiana pré-colombiana, desenvolveram agricultura avançada, arquitetura grandiosa e as sociedades estaduais. Mais tarde os europeus começaram a colonização das Américas, muitos milhões de indígenas americanos morreram de epidemias de doenças importadas, como a varíola.


Em 1492, o explorador Cristóvão Colombo sob contrato com a coroa espanhola chegou a várias ilhas do Caribe, fazendo o primeiro contato com os povos indígenas. Em 2 de abril de 1513, o conquistador espanhol Juan Ponce de León desembarcou em o que ele chamou de "La Florida" — a primeira visita europeia documentada no que viria a ser os Estados Unidos Continentais.


Independência e expansão



As tensões entre colonos americanos e os britânicos durante o período revolucionário dos anos 1770 e início dos anos 1760 levaram à Guerra Revolucionária Americana, travada de 1775 até 1781. Em 14 de junho de 1775, o Congresso Continental, em convocação na Filadélfia, criou um Exército Continental sob o comando de George Washington. Proclamando que "todos os homens são criados iguais e dotados de certos direitos inalienáveis", em 4 de julho de 1776 o Congresso aprovou a Declaração de Independência, redigida em grande parte por Thomas Jefferson. Essa data é hoje comemorada como o Dia da Independência dos Estados Unidos. Em 1777, os Artigos da Confederação estabeleceram um fraco governo confederado que operou até 1789.


Guerra civil e industrialização



Batalha de Gettysburg, durante a guerra civil, litografia da Currier & Ives (1863).
As tensões entre os estados ditos livres e os estados escravistas tiveram origem sobretudo em argumentos sobre a relação entre os governos estadual e federal e em conflitos violentos acerca da propagação da escravidão em novos estados. Abraham Lincoln, candidato do Partido Republicano, em grande parte abolicionista, foi eleito presidente em 1860. Antes da sua tomada de posse, sete estados escravistas declararam sua secessão, o que o governo federal sempre considerou ilegal, e formaram os Estados Confederados da América. Com o ataque confederado em Fort Sumter, a Guerra de Secessão começou, e mais quatro estados escravistas aderiram à Confederação. A Proclamação da Emancipação de Lincoln, em 1863, declarou livres os escravos da Confederação. Após a vitória da União em 1865, três emendas à Constituição estadunidense garantiam a liberdade para quase quatro milhões de afro-americanos que tinham sido escravos, fizeram-nos cidadãos e lhes deram direito ao voto. A guerra e a sua resolução levaram a um aumento substancial do poder federal.


Primeira Guerra Mundial, Grande Depressão e Segunda Guerra Mundial



Durante os primeiros anos da Primeira Guerra Mundial, que eclodiu em 1914, os Estados Unidos mantiveram-se neutros. Apesar da maioria dos estadunidenses simpatizarem com os britânicos e com os franceses, muitos eram contra uma intervenção. Em 1917, os Estados Unidos se juntaram aos Aliados, ajudando a virar a maré contra as Potências Centrais. Após a guerra, o Senado não ratificou o Tratado de Versalhes, que estabelecia a Liga das Nações. O país seguiu uma política de unilateralismo, beirando o isolacionismo.


Guerra Fria e protestos políticos



Os Estados Unidos e a União Soviética disputaram a supremacia mundial após a Segunda Guerra Mundial, durante o período chamado de Guerra Fria, cujos principais atores a nível militar na Europa foram Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) e o Pacto de Varsóvia. Os Estados Unidos promoviam a democracia liberal e o capitalismo, enquanto a União Soviética promovia o comunismo e e uma economia planificada. Ambos apoiavam ditaduras e estavam envolvidos em guerras por procuração. As tropas estadunidenses combateram as forças comunistas chinesas na Guerra da Coreia de 1950-53. O Comitê de Atividades Antiestadunidenses seguiu uma série de investigações sobre suspeitas de subversões de esquerda, enquanto o senador Joseph McCarthy tornou-se a figura emblemática do sentimento anticomunista.


Era contemporânea



Sob a presidência de George H. W. Bush, os Estados Unidos assumiram um papel de liderança na ONU sancionando a Guerra do Golfo. A maior expansão econômica da história moderna estadunidense ocorreu de março de 1991 a março de 2001, abrangendo a administração de Bill Clinton e a "Bolha da Internet". Uma ação judicial civil e um escândalo sexual levaram ao impeachment de Clinton em 1998, mas este permaneceu no cargo. A eleição presidencial de 2000, uma das mais acirradas e controversas da história dos Estados Unidos, que chegou a envolver suspeitas de fraude e outras dúvidas na contagem de votos, foi resolvida por uma decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos, que declarou George W. Bush, filho de George H. W. Bush, presidente.


Em 11 de setembro de 2001, terroristas da Al-Qaeda atingiram o World Trade Center, em Nova Iorque, e O Pentágono, perto de Washington, DC, matando cerca de três mil pessoas. Em resposta, a administração Bush lançou uma "Guerra ao Terror". No final de 2001, as forças estadunidenses lideraram uma invasão ao Afeganistão, removendo o governo Taliban e acabando com campos de treinamento da Al-Qaeda. Insurgentes do Taliban continuam (2011) a travar uma guerra de guerrilha.



México - Feriados


DiaNome localNome em português
1 de janeiroAño NuevoAno Novo
5 de fevereiroAniversario de la Constitución MexicanaAniversario da Constituição Mexicana
30 de abrilDia del niñoDia das Crianças
1 de maioDía del TrabajoDia do Trabalho
5 de maioBatalla de PueblaBatalha de Puebla
10 de maioDia de las MadresDia das Mães
16 de setembroDía de la IndependenciaDia da Independência
12 de outubroDía de la RazaDia da Raça
2 de novembroDía de MuertosDia dos Mortos
20 de novembroAniversario de la Revolución MexicanaAniversário da Revolução Mexicana
12 de dezembroNuestra Señora de GuadalupeNossa Senhora de Guadalupe
25 de dezembroNavidadNatal

México - Cultura

A cultura mexicana reflete a complexidade da história do país através da mistura das civilizações pré-hispânicas e da cultura da Espanha, transmitida durante a colonização de 300 anos da Espanha no México. Elementos culturais exógenos, principalmente dos Estados Unidos foram incorporadas à cultura mexicana.